CRVR
CRVR

Central de Tratamento de Resíduos de São Leopoldo

Desde novembro de 2011, o município de São Leopoldo possui uma nova unidade de valorização de resíduos sólidos urbanos. Localizada em uma área de 135 hectares na Estrada do Socorro, no Arroio Manteiga, utiliza 60 para a destinação de resíduos. Todo o restante é área de preservação, com a manutenção da flora e fauna locais e o plantio de novas mudas de espécies nativas.

O sistema adotado para tratamento do lixiviado utiliza lagoas devidamente impermeabilizadas para acumulação de líquidos. O tratamento é feito externamente em unidades licenciadas para o tratamento de lixiviados.

Em sua primeira etapa, o aterro deverá operar com foco na disposição de resíduos. Estão sendo feitos estudos para aproveitamento do resíduo orgânico seletivo e material reciclado para as unidade de São Leopoldo.

Com uma capacidade total de 5 milhões de toneladas e uma vida útil de 20 anos, o empreendimento pode atender à demanda de resíduos gerados na região da Bacia do Rio dos Sinos. Além disso, disponibilizará atividades no segmento de educação ambiental em parceria com ONGs locais, além de escolas, universidades e comunidade em geral.

O complexo da unidade de São Leopoldo da CRVR é composto de instalações administrativas, de apoio técnico, almoxarifado, oficina, refeitórios, vestiários e um futuro Centro de Educação Ambiental.

Unidade de São Leopoldo

Capacidade: 5 milhões de toneladas

Vida útil: 20 anos

Área: 135 hectares

Rua Dilceu Elias de Moura. Bairro Arroio da Manteiga. São Leopoldo – RS.

Telefone: (51) 3211-1276

Salvar

Salvar

Salvar