CRVR Companhia Riograndense de Valorização de Resíduos
ISO 9001 14001 45001 Bureau Veritas

CRVR

A Riograndense de Valorização de Resíduos (CRVR) atua no estado do Rio Grande do Sul, com foco na área de valorização e destinação final de resíduos sólidos urbanos.

A CRVR oferece soluções integradas na área de tratamento de resíduos, utilizando tecnologias inovadoras em suas Unidades de Valorização Sustentável (UVS), através da implantação de práticas sustentáveis e ambientalmente seguras e com um time totalmente qualificado. Estas soluções contribuem para o desenvolvimento sustentável da sociedade gaúcha promovendo a satisfação dos clientes, acionistas e colaboradores.

Programa de Integridade

“Nossa atuação tem sido baseada em pilares robustos, como excelência técnica, segurança ambiental e integridade, que nos tornam referência em sustentabilidade no Estado, atendendo as três siglas do ESG.”

Leomyr Girondi - Diretor-Presidente

“Tenho muito orgulho em fazer parte de uma instituição valoriza e estabelece a conduta ética como premissa de toda e qualquer relação.”

Rafael Salamoni - Diretor Operacional


O que fazemos

Aterro sanitário

O aterro sanitário é um espaço destinado à disposição final de resíduos sólidos gerados pela atividade humana, que segue princípios da engenharia e normas operacionais específicas que permite o confinamento seguro em termos de controle de poluição ambiental, proteção ao meio ambiente e saúde pública.

Soluções para tratamento de efluentes

Faz parte do processo operacional dos aterros sanitários uma estação de tratamento para seus efluentes líquidos. A CRVR dispõe de tecnologias diversificadas para o tratamento. Podendo ser pelo método biológico através da combinação de filtros biológicos, lagoa aerada, lagoas facultativas e banhados construídos (wetlands). Como também pelo método físico-químico através da combinação de nanofiltração e osmose reversa e por tratamento externo.

Sistema de captura e queima controlada de biogás

A CRVR implantou de forma pioneira no sul do país, um novo sistema de captura e oxidação térmica do biogás gerado em seu aterro localizado em Minas do Leão. A empresa recebeu a aprovação da Organização das Nações Unidas (ONU) para a execução do projeto, o que a autorizou a operar no âmbito do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) do Protocolo de Kyoto.

Com o novo sistema, a empresa chega a destruir até 98% do gás metano presente na composição do biogás gerado em seu aterro sanitário, correspondente a uma redução anual de 400 mil toneladas equivalentes de CO2. O metano é o principal gás produzido pela decomposição biológica dos resíduos, sendo 25 vezes mais prejudicial ao meio ambiente do que o gás carbônico. Os efeitos da queima do biogás contribuem para a redução da emissão de gases do efeito estufa e a preservação do meio ambiente. O processo, cujo investimento é de R$ 6 milhões de reais, é composto por dois sistemas. Um de captação (válvulas e tubulação para interligação dos drenos de gás) e outro de queima que utiliza sopradores, painéis e uma torre de 16 metros de altura por 4,5 metros de diâmetro externo, pesando 22 toneladas e confeccionada em aço carbono. A principal contribuição do projeto é com a qualidade de vida e melhoria do meio ambiente na medida em que o processo captura o gás metano, que é 25 vezes mais agressivo à camada de ozônio, e na queima transforma em CO2.

Aproveitamento energético

Os efeitos da queima do biogás contribuem para a redução da emissão de gases do efeito estufa e a preservação do meio ambiente. A CRVR inaugurou no ano de 2015 uma unidade de geração de energia na Central de Resíduos do Recreio localizado na cidade de Minas do Leão/RS. A unidade geradora tem uma potência de 8,5 MWh, podendo atender uma população de aproximadamente 100 mil habitantes.

Dentro do desdobramento deste projeto está em desenvolvimento a implantação de mais duas Unidades de Valorização Energética nas Centrais de São Leopoldo e Santa Maria.

Atuação

Notícias

todas as notícias
CRVR doa 900 camisetas para Projeto Futuro
Diretor Operacional da CRVR e Biotérmica assume vice-presidência do Sindienergia RS

Responsabilidade social

Aniversários dos Municípios

  • mar
    20
    qua
    dia inteiro Alto Feliz
    Alto Feliz
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Arambaré
    Arambaré
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Capitão
    Capitão
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Charrua
    Charrua
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Colinas
    Colinas
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Coxilha
    Coxilha
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Derrubadas
    Derrubadas
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Garruchos
    Garruchos
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Gentil
    Gentil
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Inhacorá
    Inhacorá
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Itapuca
    Itapuca
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Linha Nova
    Linha Nova
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Maquiné
    Maquiné
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Maratá
    Maratá
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Mormaço
    Mormaço
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Muliterno
    Muliterno
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Pontão
    Pontão
    mar 20 dia inteiro
     
    dia inteiro Quevedos
    Quevedos
    mar 20 dia inteiro